GESTÃO DO CONHECIMENTO

gestaodoconhecimento

O conhecimento por si só já é um produto. Quando transformado em processo torna-se enriquecedor para melhorias de produto e criação de novos projetos.

Você sabia que a GESTÃO DO CONHECIMENTO serve para melhorar os resultados da empresa independente do tamanho da organização? Ela identifica e analisa os conhecimentos disponíveis e desejáveis para o desenvolvimento da empresa. Mas de que maneira isso pode ser feito? Consideremos que primeiramente se deve identificar quais são os conhecimento dos seus funcionários, saber quais são as competências que seriam interessantes desenvolver para fazer a empresa funcionar melhor, a transformação desses conhecimentos em forma de processos e, por fim, aplicar ao dia a dia, conforme a GESTÃO DO CONHECIMENTO.

Para compreender melhor como seria esta GESTÃO DO CONHECIMENTO, eis alguns passos:

  • Gerar Conhecimento: através da universidade corporativa que vai embarcar os programas de multiplicação de conhecimento. Onde os indivíduos repassam os seus conhecimentos para os outros colaboradores da empresa. Por exemplo, podem ensinar processos e/ou comportamentos.
  • Distribuir Conhecimento: treinamentos, alinhado aos programas de desenvolvimento previamente desenhada pelo RH, EAD, comunicação corporativa.
  • Armazenar Conhecimento: plataformas de EAD ou softwares.
  • Aplicar Conhecimento: desenvolver programas de multiplicação de conhecimento, comunicação interna, cultura corporativa, a importância dos processos, dos outros setores existentes da organização.

A GESTÃO DO CONHECIMENTO amplia a vantagem competitiva da empresa, reduz custos, gera novos modelos de negócio, melhora o aproveitamento e desenvolvimento do capital intelectual da empresa, dá suporte às tomadas de decisão, melhorias na produção e na prestação de serviços, facilita o controle e o acesso às informações relevantes num processo de trabalho e a administração de seus meios.

Outro fator importante é que gerir conhecimento é possível não apenas em grandes corporações. Toda empresa, independentemente do seu tamanho, está produzindo novas informações diariamente, portanto, organizá-las e distribuí-las de forma adequada é o que vai fazer a diferença.

É importante tomar medidas práticas

helloquence-51716-unsplashA melhoria da qualidade é uma questão de liderança, determinação e disciplina. De nada adiantará reuniões em que regras básicas acabam sendo desprezadas pelos gestores. Muitas vezes é necessário impor algumas medidas mais práticas como por exemplo um simples registro do que foi acordado numa reunião assinado por todos que participaram.

Exercer a liderança por meio da conscientização do discurso é importante, porém às vezes é necessário que se tomem medidas mais assertivas. Regulamentos existem para serem cumpridos, são de caráter interno das empresas e devem ser respeitados por todos, se o líder descumpre uma medida por qualquer que seja o motivo, acaba sendo mal interpretado por sua equipe e um verdadeiro líder deve ser um modelo de liderança.

CONHEÇA A ANDRÉ LUNA CONSULTORIA

Nosso trabalho é potencializar equipes e aprimorar o capacity humano de cada um dos envolvidos. Acreditamos que nosso diferencial está na inovação, na inquietude, na nossa paixão que gera resultados, na colaboração, parceria e inovação que irá ser referência no mercado de consultoria, através da ética, do respeito ao próximo e da responsabilidade socioambiental.

Frases de Einstein que ensinam a ter inteligência emocional

post blogPrancheta 1Albert Einstein foi um dos maiores físicos da história mundial, seu nome está associado à genialidade e seu trabalho é notável e inspirador assim como várias de suas frases famosas. Hoje trazemos algumas delas que podem auxiliar qualquer pessoa a compreender melhor o que é e como aprimorar sua inteligência emocional.

“Somente uma vida vivida para os outros é uma vida que vale a pena”

O egoísmo não leva a nada e não traz nenhum tipo de felicidade, pessoas egocêntricas que acham que se importam apenas consigo se tornam amargas com o passar do tempo quando percebem que não realizaram seus desejos ao longo da vida. É necessário ter amor próprio, mas não orgulho.

“Um novo tipo de pensamento é essencial se a humanidade quiser sobreviver e avançar para níveis mais elevados”

Pensar fora da caixa no mundo pragmático, rápido e cheio de complexidades no qual vivemos é fundamental para que possamos avançar e alcançar o que pretendemos.

“Tente não se tornar um homem de sucesso, mas tente se tornar um homem de valor”

Perseguir o sucesso a todo custo pode ser perigoso e não deve ser o principal objetivo na vida de ninguém. Para ser feliz é necessário ter valores íntegros, isso ajudará a alcançar o que se espera e não se preocupe com o tempo que isso levará nem com o tempo dos outros, cada pessoa tem o seu próprio tempo e histórias de vida diferentes.

“A vida é como andar de bicicleta. Para manter o equilíbrio você deve continuar se movendo.”

A inércia não leva ninguém a alcançar seus objetivos. Faz parte da vida cair pra se levantar depois. Pode machucar, mas existem curativos para isso. O importante é acreditar que esses momentos fazem parte da vida e todos passamos por isso.

“Se quiser uma vida feliz, amarre-a a uma meta, não a pessoas ou coisas”

Não dependa da aprovação dos outros para realizar o que se deseja. Até mesmo uma simples ida ao cinema sozinho pode ser uma boa experiência.

“Eu acredito que um jeito simples e despretensioso de viver é melhor para todos, melhor para o corpo e para a mente.”

Não crie expectativas. Aproveitar o momento é melhor do que ficar esperando por ele.

Um indivíduo emocionalmente inteligente é aquele que consegue identificar as suas emoções com mais facilidade. Desenvolver inteligência emocional é importante para neutralizarmos as emoções negativas, as quais produzem comportamentos destrutivos e, então, potencializarmos as emoções positivas para alcançar os objetivos desejados.

O QUE PODEMOS APRENDER COM OS SAMURAIS?

SamuraiO termo SAMURAI significa “aquele que serve”. Portanto, sua maior função era servir, com lealdade e empenho, o Imperador. Samurais possuíam um código de conduta moral elevado chamado de BUSHIDO que mesmo após a extinção no Japão, sua doutrina está incutida na cultura japonesa até os dias de hoje. Vários desses valores são lições essenciais que podemos adotar em nossas vidas também.

Primeiro que para um samurai a HONRA é um dos princípios mais importantes em sua vida pois as decisões tomadas são um reflexo de quem você realmente é. Todos os homens morrem, mas seu nome e legado podem ser eternos, assim como também a HONESTIDADE é necessária para a relação interpessoal e essa virtude é uma obrigação para aqueles que seguem a doutrina, desassociá-la era algo inconcebível já que após tornar-se um guerreiro, ele e sua família ganhavam o privilégio de possuir um sobrenome.

Outro fator importante é que um samurai não foge de seus DEVERES e é sempre inteiramente responsável por aquilo que faz, arcando com as consequências desses atos, sejam eles quais forem porque uma palavra pronunciada num momento de raiva ou rancor assim como uma ação executada jamais será esquecida.

Estar sempre preparado para qualquer tipo de contratempo é imprescindível. Um samurai deve saber fazer a leitura da situação com facilidade para depois agir e saber controlar as emoções em uma situação é determinante para se chegar ao sucesso desejado. Esse AUTOCONTROLE é essencial para enfrentar tudo sem qualquer receio de derrota, agindo sempre com precisão até mesmo nas situações mais adversa.

Quando você se propõe a aprender, deve saber respeitar os ensinamentos e manter a DISCIPLINA em relação àquele tido como superior por conhecer os processos e estar disposto a compartilhar conhecimento. E qualquer tipo de CONHECIMENTO deve ser compartilhado para o bem do próximo sem necessidade de ter que provar para ninguém essa superioridade. Deve-se ajudar os outros em cada oportunidade e ser cortês até mesmo com quem não lhe trata bem.

RESENHA DE LIVRO: GERAÇÃO DE VALOR

geração de valor blogPrancheta 1.pngEscrito pelo empreendedor Flávio Augusto da Silva, Geração de Valor está longe de ser apenas um livro de autoajuda, muito pelo contrário. Ele vai além quando subverte o tema de todas as maneiras e cria um canal de comunicação eficaz com o leitor, independente do perfil que costumeiramente busca este tipo de leitura. O empresário que começou sua bem sucedida carreira muito jovem discorre em conselhos (e vários sermões) sobre como começar a se tornar um empreendedor de sucesso. Descreve todas as dificuldades que irão surgir pelo caminho, mas o foco está acima de tudo na gama de possibilidades que existem em quem se aventura nesta empreitada.

E quem é Flávio Augusto da Silva? Vindo da periferia do Rio de Janeiro iniciou em 1995 seu próprio negócio, o curso de inglês para adultos, Wise Up, que tinha como diferencial ensinar o idioma em apenas 18 meses. O que ele almejava era o público alvo que não queria esperar tanto tempo para aprender o idioma e não desejava se tornar professor. Mesmo sendo duramente criticado pelos seus concorrentes ele não se abateu e rapidamente abriu várias franquias por todo o país e também fora dele. Resultado? Em 2013 vendeu o grupo que ele criara, se tornando um dos mais jovens bilionários do país.

Flávio Augusto da Silva apelida de GV’s aqueles que se determinam a enfrentar os desafios de uma qualidade de vida melhor. Ele clama para que as pessoas não procurem empregos e sim para que lutem por uma causa. O livro está repleto de duros choques de realidade ao expor quem são os perdedores, invejosos e intolerantes. Estes não têm vez em seu livro e o autor enumera as características de cada um. Confesso que me vi em muito do que ele disse, mas para mim isto significou mais uma pedra a ser eliminada do muro que foi criado ao meu redor. E Flávio deixa claro que muitas vezes são colocadas diversas adversidades em nossas vidas, mas apenas nós mesmos podemos superá-las. Ok, isto é um grande cliché, contudo o autor explica ponto a ponto o porquê devemos avançar.

Ao querer dar a volta por cima o autor não alivia em momento algum, afinal, qualidade de vida é trabalho árduo. Alicerçado pelo desejo de mudança vemos que as condições impostas pela sociedade são fatores muito bem trabalhadas, ninguém tem culpa de nascer pobre, mas isto não impede ninguém de conseguir o que quer.

O governo é duramente criticado por Flávio, outro fator digno de nota. Segundo ele, o mesmo pode facilitar, mas depende unicamente de cada um o progresso em sua vida. O “vitimismo” citado por ele é uma forma do governo impor péssimas condições à população. O autor também é rígido com a forma como a educação é feita. Para ele os jovens deveriam sair deste modelo quadrado que é imposto voltado apenas para a busca incessante por emprego.

Vale salientar que nem todos nascem para ser empreendedores, donos de seus próprios negócios, porém, segundo Flávio, se uma pessoa comprar a sua ideia ele terá tido sucesso.

O autor compara em determinado momento do livro que o ápice do sucesso de um empreendedor é quando sua empresa é adquirida, ou seja, ela é reconhecida no mercado a ponto do mesmo desejá-la. Este tipo de transação é comum nos Estados Unidos porque a população tem uma percepção madura acerca deste tipo de negócio. Entretanto no Brasil, em que a maior parte da população recebe uma educação focada apenas no mercado de trabalho e não permite pensar fora da caixa, as pessoas tendem a achar que se a empresa fora vendida devia estar a passar por algum problema.

É neste ponto que o empresário comenta sobre a necessidade de voar, de desaprender o que nos fora ensinado desde sempre, o ser humano precisa buscar as alternativas necessárias para ser feliz fora destas amarras e ser feliz significa tomar as rédeas de sua própria vida.


Sérgio Tavares é blogueiro, publicitário, especialista em gestão de pessoas e atua como planner, redator  e gestor de mídias sociais na André Luna Consultoria.

E-mail: sergio.tavares@andreluna.com
http://andreluna.com
81.3039-5898

O que podemos aprender com Dunkirk?

SET BLOG 1Prancheta 1.pngEnquanto o Destino de uma Nação mostra os bastidores que levaram o Reino Unido a retirar mais de 300 mil soldados da costa da França durante a 2º guerra mundial, Dunkirk relata exatamente como foi essa complicada operação. No longa-metragem dirigido por Christopher Nolan assistimos sua história ser desenrolada em três planos de ação distintos e as estratégias utilizadas pelos soldados e seus superiores.

Não é necessário nenhum tipo de inquérito para saber que qualquer tipo de operação que obteve êxito foi pensada e calculada previamente, até mesmo situações repentinas como bem observadas no filme. É imprescindível analisar todos os riscos e suas variáveis que poderão comprometer o projeto.

Assim funciona a mente de um verdadeiro gestor de uma organização. Ao buscar crescimento ele precisa se cercar de conhecimento prévio que inclui saber que tipo de público novo deseja alcançar. Em Dunkirk, os britânicos estão cercados pelos inimigos alemães e não conseguem avançar mesmo com o auxílio dos aliados franceses. era necessário se retirar. Quando não se possui as informações necessárias, ou elas não são claras no momento, o líder deve recuar para encontrar outras alternativas e assim seguir adiante. O que de fato fez o exército britânico.

Muitas vezes as soluções são mais simples do que imaginamos e podemos seguir rapidamente com o plano, outras vezes elas irão demorar um pouco e cabe aos idealizadores ter paciência. O líder que deseja crescer, independente da área que almeja, precisa saber lidar com situações que ele não havia planejado, por isso em seu planejamento ele deve prever todo o tipo de risco por mais excêntrico que assim pareça.

Coube ao governo britânico pedir ajuda aos civis para retirada de seu exército. Barcos de passeio, lanchas e iates foram resgatar os mais de 300 mil soldados isolados na costa francesa. O líder deve se cercar de um bom networking para conseguir soluções das simples até as mais complexas. E cabe a ele evitar o estresse, manter a calma e criar o ambiente mais seguro possível. Se cabe ao comandante de uma tropa durante uma guerra passar incumbir aos seus soldados tamanha tarefa, tal atitude é indiscutível para um gestor de uma empresa.

Por conseguinte, em Dunkirk, os comandantes buscavam garantir a permanência de seus talentos, um exército combalido seria a derrocada do Reino Unido. Cada gestor deve salientar que seus colaboradores desenvolvam suas competências e habilidades e o uso de treinamentos é deveras salutar para incentivar a colaboração mútua, caso contrário nenhuma organização irá encontrar os resultados que tanto deseja alcançar.


Sérgio Tavares é blogueiro, publicitário, especialista em gestão de pessoas e atua como planner, redator e gestor de mídias sociais na André Luna Consultoria.

E-mail: sergio.tavares@andreluna.com
http://andreluna.com
81.3039-5898

Flores & Arroz

6503d8af-9b78-44a4-b114-900df61bfb8d.jpg

Antes do gestor implantar mudanças em uma organização deve ter sempre em mente que as pessoas são diferentes e reagem às situações diferentemente uma das outras, portanto essas distinções precisam ser respeitadas.

Uma pequena história pode nos ajudar a compreender isso.

Um homem colocava flores no túmulo de um parente quando viu um chinês deixando um prato de arroz na lápide ao lado. Ele se virou para o chinês e perguntou:

— O senhor acha mesmo que o morto virá comer o arroz?

O chinês respondeu:

— Sim, quando o seu vier cheirar suas flores.

Como consultoria buscamos aprimorar a liderança para alcançar alta performance. É nosso dever salientar — através de uma metodologia ativa somada à prática do business coaching  — o que há de melhor em cada gestor realçando seus pontos fortes e fazendo com que eles reconheçam seus pontos fracos.

Consequentemente, a liderança irá perceber que não é possível melhorar a qualidade de vida e o desempenho de alguém em seu trabalho se não existir harmonia entre o bem-estar físico e mental. Um verdadeiro líder precisa compreender que o colaborador só estará feliz se for proporcionado a ele condições para exercer de maneira confortável e segura suas funções e dessa maneira essas condições serão estendidas à sua vida particular. Qualquer pessoa que está infeliz no trabalho, também é infeliz em casa e vice-versa.

Ao introduzir qualquer tipo de mudança, cabe ao gestor favorecer essa qualidade de vida que respeite sempre o colaborador e suas escolhas e características pessoais. Um gestor que tenta impingir os seus conceitos e as suas normas intrínsecas de conduta de vida e que nada tem a ver com as diretrizes da empresa desrespeita a todos.

E respeitar as escolhas de alguém é uma das maiores virtudes que o ser humano pode ter.

O Líder Coach

Blog 04Prancheta 1Quando idealizava um filme, Walt Disney aplicava uma estratégia em que ele se colocava em três posições diferentes: sonhador, em que sua capacidade de criar era sem limites; realizador, criando formas para colocar sua ideia em prática; e crítico, questionando e procurando melhorias. Logo, ao trazer essa estratégia para o nosso mundo corporativo atual percebemos que um Líder Coach poderá trabalhar sua visão de futuro, ação pragmática, sinergia e analisará forças, fraquezas, oportunidades e ameaças.

810e18f4d8146842d1f44ca91161fd19
O Líder Coach é um módulo integrante do Programa de Liderança INSPIRE!

O que determina a autenticidade do Líder Coach é a exigência de manter-se coerente dentro do que consideramos ser, estar e fazer. É necessário que ele expanda seu autoconhecimento e desenvolva sua inteligência emocional. Consequentemente podemos esboçar três campos de domínio: o processo de liderança, os seus sentimentos no momento e os valores e a vida pessoal do líder dentro de uma forma sistêmica.

Tal processo de liderança consiste em ser esclarecido, revisitado e aformalado continuamente. Sobressai a liderança que amadurece junto aos seus integrantes que deverão expor suas ideias, dialogar sobre situações críticas e lidar com diversidade cultural.

071ec283-4928-4890-b54e-d3d47eeaaa62
O Líder Coach é um módulo integrante do Programa de Liderança INSPIRE!

A troca de sentimentos é essencial por parte dos envolvidos no processo, é importante que o líder coach tenha sensibilidade e tato para lidar com situações individuais e coletivas onde os sentimentos são reconhecidos e compartilhados porque permitirão que todos possam superar possíveis barreiras.

Como catalizadora de amadurecimento e sinergia para alta performance a vida pessoal do líder e seus valores agrega e fortalece a equipe que se vê imbuída e impulsionada a sentir empatia.

b2f1502f-96be-4cc9-be87-0d79bf3825d0
O Líder Coach é um módulo integrante do Programa de Liderança INSPIRE!

O Líder Coach desenvolve sua liderança ao utilizar poderosas técnicas e ferramentas do coaching que visam sempre o alcance de grandes e efetivos resultados. Desenvolver uma liderança eficiente é a busca constante de muitos gestores que procuram alcançar o sucesso profissional.

Faça seu cliente interno feliz!

BLOGPrancheta 1.pngImaginem a cena: houve um incêndio num bosque perto de uma cidade e os bombeiros estavam todos ocupados com outros incêndio bem distante dali, sendo assim, a população vai apagar o incêndio. Forma-se uma fila imensa, todos vão passando o balde d’água para a pessoa ao lado. Quem está perto da fonte, nem sabe exatamente onde é o incêndio. Quem está no meio da fila sabe apenas que tem de passar o balde no ritmo certo. E quem está jogando água próximo ao fogo também não sabe quem está trabalhando ao longo da fila.

Assim também é numa organização: cada pessoa faz o seu trabalho e passa para alguém que é seu cliente interno no processo e o último a receber o produto e/ou serviço é o que chamamos de cliente externo.

Quando o conceito de cliente interno é aplicado dentro da empresa os conflitos entre os departamentos diminuem e ninguém precisará “apagar incêndios” pois as pessoas começam a pensar e agir de maneira diferente fortalecendo o espirito de equipe. Identificando quem é seu cliente interno, você saberá para quem trabalha.

E um cliente interno feliz é tao importante quanto um cliente externo satisfeito!