comportamentos que atrapalham os relacionamentos

relacionamento

Você já parou pra pensar o quanto seu trabalho pode estar afetando de modo negativo seus relacionamentos? Ou quantas pessoas você conhece que mudaram seu jeito de ser por causa do excesso de trabalho? Passaram a rir menos, ficaram mais caladas, mal-humoradas, com pouca energia e com baixa autoestima?

É preciso mudar isso urgentemente porque o trabalho não deve nem pode ser um sacrifício. Se mesmo trabalhando muito, o resultado que se consegue não é o que se espera, a tendência é investir ainda mais em sua dedicação. Com o passar do tempo a autoestima vai diminuindo e cada vez mais o indivíduo irá se sentir incapaz, frustrado, desmotivado.

A partir desse momento a vontade de se relacionar com as pessoas ao redor diminui. Sem tempo e sem energia suas interações pessoais, como lazer e prazer, são prejudicadas.

Quando os resultados esperados não são alcançados, os problemas na vida pessoal podem surgir. Por exemplo, se a meta de vendas não foi atingida ela pode abalar seu orçamento familiar e talvez a tal viagem planejada durante tanto tempo pode ser cancelada e assim causar grandes frustrações nas pessoas que esperavam contar com você para que isso acontecesse.

A falta de dinheiro é um fator que pode provocar sérios desequilíbrios nos relacionamentos. Muitos começam a cortar coisas que antes proporcionavam prazer e interação em conjunto como a TV por assinatura, a pizza do domingo, a ida à academia. Alguns chegam ao ponto de alimentarem-se mal para reduzir gastos no supermercado! Todas essas atitudes irão afetar diretamente o bem-estar e não ajudam, para piorar deixam as pessoas num círculo vicioso.

Separar a vida particular da vida profissional não é uma tarefa tão simples como todos dizem porque somos um só indivíduo e todos os aspectos de nossas vidas influenciam em nosso cotidiano. Ninguém vai se sentir bem num relacionamento se estiver sempre com dificuldades no trabalho.

É por isso que a inteligência emocional é tão importante para se manter centrado naquilo que realmente precisa receber sua atenção a cada momento. É necessário ter consciência e percepção das mudanças e assim desgastar-se menos. Todos temos bons e maus momentos, é preciso entender isso e saber lidar com cada um no seu tempo. Contudo, existem coisas que não mudam e nesse caso, adaptar-se. Separar as pessoas dos problemas, ser dono de suas próprias emoções e principalmente identificar quando a situação está tensa para reagir com objetividade e foco.

O céu é o limite! Portanto, use seu tempo com inteligência e identifique qual o seu inimigo, o que fato está te pondo pra baixo e prejudicando seus relacionamentos.  Desapegue-se das derrotas e também dos sucessos passados. É salutar livrar-se dos mitos que assombram o mundo dos negócios para que se possa rever quais são os critérios de suas escolhas e assim, reescrever sua própria história.

 


 

Texto baseado em O Vendedor Inteligente. LEMOS, Ricardo. 2014.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s